Paraty 2012

Depois de fazer o Litoral Norte contra o vento, em seis dias de bicicleta, virei de lado e ventei para Paraty de carro mesmo.   As dores nas costas e a chuva de janeiro me convenceram a ir como todo mundo,  sem olhar  lentamente a progressão da estrada, como a bike permite.  Fui bem devagar, com a cabeça prá fora,  mas não é nem de longe parecido.  E o Brutus  foi levando a Piranha nas costas.

Brutus na vaga do almirante: início da ciclovia

Parei em Angra para ver aquele drama de mobilidade urbana. É uma cidade necessitando respirar, principalmente no centro nervoso, durante o verão. As ruas são cheias como no centro do Rio, estacionamento a dez reais. Tem um gratuito, gigantesco, que lota por volta das dez da manhã, para embarcar turistas para as Ilhas.

ciclovia protegida com elevação

Ônibus prá todo lado, da mesma empresa. Ciclovia apenas entre a Escola Naval e o Centro, pelo menos, bem feita. O problema me parece é que tudo em Angra fica no centro, comércio, turismo, prédios históricos,  poder público, cais do porto, pontos centrais de ônibus.  É um caso para grande estudo: da Veli Mobi, por exemplo. A quem U-Biker vai pedir ajuda para tentar uma aproximação com o poder municipal de Angra.  Os primeiros contatos já aconteceram.

cultura do automóvel à beira-mar é tiro no pé

Depois, Paraty, para nós, para o Surto Criativo, para mergulhar, para conhecer o Caminho do Ouro, para comer muito bem, para tomar cachaça tocando violão na beira da praça de 300 anos.  A cidade é um desses umbigos do Brasil, como Cabrália, Olinda, Ouro Preto.  Para quem gosta de história, grandes eventos ( tem 8 ), folclore ( tem todos ), música ao vivo, bicicletas e vida tranquila a cidade  é o paraíso, ou Paratyso. 

Pedalar nas pedras só para iniciados na cidade

É claro que não vi muito do que não gosto, tenho a vista treinada para desviar de problemas que não posso resolver. Paraty, dentro do Rio, dentro do Brasil, tem algum deles.  A cidade tem uma diáspora, mas concorrência em política é (quase)  sempre bom para o consumidor-cidadão-eleitor.

Já a questão da bicicleta na cidade está mais para frente que  para o atraso (a)normal nas cidades médias e pequenas. É muito melhor que Angra.

Ciclovia paralela ao canal de Paraty

Paraty tem um ciclovia que liga a zona rural à cidade, iluminada. E tem nas obras recentes a construção lateral de ciclovias, iluminadas. O grande evento da cidade, a FLIP, trouxe o David Byrne, grande ciclista de Nova York que por acaso é  músico do Talking Heads. Deve ter causado algum efeito nas autoridades,  para quem sabe refazer esse esforço iniciado no último milênio.

Todo mundo vai ao centro de bicicleta

Ciclovia fora da cidade em direção ao centro.

Mas ainda é pouco para a quantidade de bicicletas, pelo grande uso que se faz por trabalhadores e turistas, pela aptidão da cidade plana e pela vocação dos moradores que gostam da magrela. Muitas lojas e alguns bancos colocam bicicletários por conta própria. Mas não tem passeio, ainda.

A verdade é que a cultura da bicicleta vai chegar em Paraty em breve. Não sei quando em 2012,  mas já tem um projeto a ser sugerido pelu’Biker aos amigos novos que ele fez na cidade.  Onde o Gógol vai tocar dias, 2,3 e 4 de março, no restaurante da Gina, centro histórico.

Meus agradecimentos ao Marcos Marques, do PC do B, que me apresentou metade da cidade. Ao Ernesto López que me apresentou a outra metade, conectada no site dele, Paraty on Line.  E à dona Zilda, que não está no Canadá, e para a sorte dela vive em Paraty onde aluga quartos para visitantes como U-Biker.

VEJA MAIS FOTOS NO FACEBOOK / ALEX GOMES 

MATÉRIA NO PARATY ON- LINE 

OS CICLANOS 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: